quinta-feira, 7 de janeiro de 2010

O símbolo perdido

Acabei de ler o mais recente livro de Dan Brown e só tenho uma coisa a dizer: FAN-TÁS-TI-CO!!!
Não é à toa que este senhor é um dos grandes escritores da actualidade. Já li O Codigo DaVinci, Anjos e Demónios, A Conspiração e Fortaleza Digital, por isso não podia perder de maneira nenhuma este último lançamento.
O livro é Dan Brown no seu melhor, que nos prende da primeira à última página e, quando menos esperamos, somos surpreendidos por uma reviravolta na história.
Só lendo... aproveitem, pois acho que neste momento o livro já baixou um pouco de preço.

Aquilo que se perdeu será encontrado...

Washington D.C.: Robert Langdon, simbologista de Harvard, é convidado à última hora para dar uma palestra no Capitólio. Contudo, pouco depois da sua chegada, é descoberto no centro da Rotunda um estranho objecto com cinco símbolos bizarros.
Robert Langdon reconhece-o: trata-se de um convite ancestral para um mundo perdido de saberes esotéricos e ocultos.
Quando Peter Solomon, eminente maçon e filantropo, é brutalmente raptado, Langdon compreende que só poderá salvar o seu mentor se aceitar o misterioso apelo.
Langdon vê-se rapidamente arrastado para aquilo que se encontra por detrás das fachadas da cidade mais poderosa da América: câmaras ocultas, templos e túneis. Tudo o que lhe era familiar se transforma num mundo sombrio e clandestino, habilmente escondido, onde segredos e revelações da Maçonaria o conduzem a uma única verdade, impossível e inconcebível.

Trama de histórias veladas, símbolos secretos e códigos enigmáticos, tecida com brilhantismo, O Símbolo Perdido é um thriller inesperado e arrebatador que nos surpreende a cada página.

O segredo mais extraordinário e chocante é aquele que se esconde diante dos nossos olhos...

Podem ler aqui no blog da Risonha.

5 comentários:

Abelha Maia disse...

Estou a ler neste momento, mas sei que vou gostar, porque gostei dos outros todos-
bjssss

Cadinho RoCo disse...

É sempre instigante vasculhar os mitérios da humanidade.
Cadinho RoCo

djamb disse...

Olá! Sou nova leitora da Academia Literária e gosto mto!
Gostei deste livro mas infelizmente não me surpreendeu tanto como os restantes mas, mesmo assim, Dan Brown continua um mestre na acção :)
Boas leituras!

Maria João disse...

Gosto muito de Dan Brown e leio todos os livros que conseguir dele, mas não posso partilhar da mesma opinião. É fraquito em relação aos outros. Ao desenrolar uma acção em 24h, corre-se o risco de não se explanar como deve ser certas coisas e acho que foi o que aconteceu. Deixou de dar importancia a certas coisas e não usou outras que apresentou. Não usou as experiências da cientista para "salvar o mundo" o que seria maravilhoso! Falou das experiencias e pronto, ficou assim... e depois, sempre achei que o malvado da fita, iria querer destruir alguma coisa e no fim o coitadito só queria morrer e ser um demónio poderoso... transformar-se em demónio e fazer todo o mal possivel, era mais lógico... Bem, esta é a minha opinião e respeito a de todos. Agora a seguir vou ler a Conspiração, o último que me falta ler. Beijinhos.

Joe disse...

Li "Anjos e Demónios" e "Conspiração" e gostei. A fórmula do Dan Brown é repetitiva, mas resulta comercialmente e portanto, cumpre bem o seu objectivo. Acho interessante o facto de ele repetir a mesma personagem em livros diferentes, embora estes não constituam (pelo menos, oficialmente) uma saga. Talvez leia este "Símbolo Perdido", se me cair nas mãos... =)